STJ aplica desconsideração da personalidade jurídica para permitir defesa de sócio em execução fiscal