Dano moral indireto: quem pode pedir reparação por morte ou por ofensa a um ente querido?